Tenho a história na cabeça e não consigo colocá-la no papel!

Atualizado: 4 de Abr de 2020


É muito comum roteiristas iniciantes reclamarem desse problema. Muitas vezes, isso é apenas excesso de pressão e autocobrança: a pessoa quer que o texto saia perfeito e "se trava".


Estou sugerindo abaixo uma técnica que irá ajudá-lo:


1. Grave um áudio seu contando a história que está na sua cabeça.


Isso evita o "terror" do papel. Você não está escrevendo, está apenas falando. Sem pressão, sem ter que seguir regras gramaticais, sem ter que criar um texto bom logo de cara.


2. Pegue um caderno, ouça o áudio e vá escrevendo tudo, colocando uma frase abaixo da outra e pulando 3 linhas.


Ou seja: você ouve uma frase, escreve no caderno e pula 3 linhas. Ouve a próxima frase, escreve e pula 3 linhas. Faça isso com o áudio inteiro. Novamente, você não está escrevendo um texto (não há pressão). Está apenas digitando o que ouviu.


3. Agora leia tudo que escreveu.


Sem pressão e com o conteúdo que estava na sua cabeça no papel, você começará a lembrar de mais detalhes (preencha os espaços em branco), irá querer cortar, corrigir, melhorar.


Pronto! Você tirou sua história do papel e já começou a editar. Ficará bem mais fácil ir melhorando o texto deste ponto em diante.


Leda Ene

Roteirista

184 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo